Vecchio_edited.jpg

CULTURA

A mulher adúltera

Parte 1

A narrativa da mulher adúltera é uma passagem bíblica do Evangelho de São João. Passagem de forte conteúdo simbólico e moral, aborda a temática do perdão, do arrependimento e da autoridade moral para julgar os outros. Nesse texto, o autor analisa várias interpretações da narrativa e a representação da mesma nas artes visuais ao longo dos séculos.

Commercio_edited_edited_edited_edited.jp

OBRAS

Alegoria da AEC de Porto Alegre, de Ignácio Weingartner 

Destacando-se por sua beleza e complexidade, a imagem analisada pelo autor é uma litografia produzida nas oficinas de Ignácio Weingartner, importante e antigo artista gráfico que atuou em Porto Alegre. A obra pode ser considerada uma alegoria da Associação dos Empregados do Commercio de Porto Alegre (AEC), publicada na capa do jornal desta agremiação em 2 de fevereiro de 1902.

Pandora-box.jpg

CULTURA

Elas estavam lá: as mulheres em 4 mil anos de cultura

A história é feita de grandes fatos, conduzidos por homens? Este texto mostra que as mulheres sempre estiveram lá, na Pré-História, na Antiguidade, na Idade Média. Uma presença que é apagada da maioria das narrativas, mas que vem sendo resgatada.

01  - MALAGOLI   - auto retrato.jpg

VIDAS

Ado Malagoli

Breve biografia do pintor e mestre Ado Malagoli (1906-1994), o qual através do seu trabalho deixou um imenso legado para as artes plásticas produzidas no estado e no Brasil. Foi professor/formador de inúmeros artistas que posteriormente se tornaram famosos e também um dos  idealizadores e o primeiro diretor do Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS), que hoje leva o seu nome.

cubismo2.jpg

TEORIAS

Cubismo

A partir da clássica obra Les Demoiselles d’Avignon (1907) de Pablo Picasso (1881 - 1973), que em 2017 completa 110 anos, o texto trata do surgimento do movimento da história da arte denominado "cubismo" e seus desdobramentos posteriores através da análise da produção artística de Picasso, Georges Braque (1882 - 1963) e Juan Gris (1887 - 1927), seus maiores expoentes.                              

800px-Origin-of-the-World.jpg

CULTURA

Toda nudez será castigada?

As representações de corpos nus sempre estiveram presentes na História da Arte, algumas vezes bem aceitas e outras, nem tanto, como vimos em episódios recentes e bem próximos. Este texto pretende fazer algumas pequenas observações sobre o nu nas artes visuais, desde o Renascimento até a atualidade, obviamente sem a pretensão de esgotar o assunto.                                                        

Galpão.jpg

CULTURA

Grupo Galpão:

pensamento e obra

O Grupo Galpão foi fundado em 1982, em Minas Gerais, e é um dos principais grupos de teatro de rua existentes no Brasil atualmente. O texto resgata um pouco da história do Grupo e de uma de suas principais montagens: a adaptação da peça Romeu e Julieta, de William Shakespeare. 

marcha1501.jpg

TEORIAS

Luiz Camnitzer e a estética do desequilíbrio

Análise do processo de desmaterialização da arte dos anos 60/70, a partir da "estética do desequilíbrio" de Luis Camnitzer, cujas ideias estão presente no seu texto Arte contemporânea colonial, de 1970.  

 

                            

voyage3.png

CULTURA

O trem no cinema de

George Méliès

Os trens, que desafiam a bidimensionalidade da tela de projeção desde a lendária sessão que apresentou o cinematógrafo dos Lumiére ao mundo, manifestaram-se sob diferentes significados na obra do outro grande pioneiro da era silenciosa, o artista George Méliès.   

Imagem1.jpg

OBRAS

Praça da Alfândega, de

João Fahrion

Leitura de imagem do quadro Praça da Alfândega (1922), de João Fahrion,  que mostra um lugar da cidade de Porto Alegre muito conhecido por todos os seus habitantes, localizado junto à Rua da Praia. No momento em que a tela foi pintada, a Rua da Praia era o espaço mais exuberante da cidade e servia de ponto de encontro para a alta sociedade.

Boeira.jpg

OBRAS

Bordando no Jardim, de

Oscar Boeira

Leitura de imagem da obra Bordando no Jardim (1934), do pintor gaúcho Oscar Boeira (1883-1943). Transitando entre aspectos formais e tendências modernizadoras, as telas e desenhos do artista mesclam traços acadêmicos e um pensamento mais arrojado e livre na forma de pintar, o que pode ser verificado na obra analisada.

LASAR SEGALL_FIGURA COM REPOSTEIRO_edited.jpg

OBRAS

Figura com Reposteiro, de

Lasar Segall

O bairro carioca do Mangue é cenário comum nas obras do pintor Lasar Segall (1891-1957). Representando as personagens daquele universo de prostituição e pobreza, a tela Figura com Reposteiro (1954), da série Erradias, nos oferece um retrato de corpo e alma de uma mulher pertencente àquela realidade.

Athos.jpg

VIDAS

Athos Bulcão:
a obra de arte no cotidiano

Athos Bulcão (1918-2008) é conhecido como o “artista de Brasília”, cidade que abriga diversos murais criados por ele, nos quais o azulejo ganha um novo destaque e estética, interferindo no espaço urbano. Essa produção é relacionada com as influências construtivas que o Brasil incorporou desde o início do século XX, culminando no projeto para a nova capital do País. 

Fig._3_Registro_fotográfico_da_série_Exercícios_de_Me_Ver._Fonte_Google_imagens_editado.jp

CULTURA

Uma narrativa do corpo: Hudinilson Jr.

A narrativa do corpo nas obras de arte xerox produzidas por Hudinilson Junior, durante a década de 1980, a partir do texto crítico de Frederico Morais. O texto reafirma a atualidade da produção do artista, uma vez que as questões de gênero, sexualidade e erotização, estão sendo desenvolvidas largamente na arte, embora o assunto, mais do que nunca, seja tratado com preconceito e ignorância.

Milenki Matanovic_edited.jpg

VIDAS

Milenki Matanovic e

o Grupo OHO

A trajetória e as principais ideias sobre arte e vida de Milenko Matanovic, artista esloveno, nascido em 1947. Ligado ao Grupo OHO, Matanovic atuou inicialmente em práticas de arte conceitual e, mais tarde, se envolveu com instalações, vídeos, happenings e música. Fundou, na década de 1980, o Pomegranate Center, dedicado a ajudar pessoas a construírem comunidades melhores.

Veja mais textos nas seções do site

Vidas

Obras

Teorias

Cultura

O HACER é um espaço que disponibiliza, de forma totalmente gratuita, textos ilustrados produzidos por historiadores da arte e estudantes de forma voluntária, procurando levar informações qualificadas e em linguagem acessível para quem curte arte e quer saber mais sobre sua história, seus artistas, suas principais obras, estilos e sua inserção na cultura em geral. Já são mais de 60 textos disponíveis em nosso portal.

Trabalhamos de forma voluntária para criar novos materiais e incluir mais textos. Para acompanhar nossas atualizações, curta nossa página no Facebook e Instagram.

 

Para saber mais sobre o HACER, basta acessar o link Expediente.

 

 

Se você deseja colaborar com o site, veja nossas regras de publicação.

Destaques

Confira os textos do HACER também em áudio!

Alguns dos textos do nosso portal estão também disponíveis em áudio, você pode acessá-los nas seções principais, através da playlist disponibilizada, ou clicando no ícone de "Play" ao lado do título dos textos. Se você preferir, pode nos seguir no SoundCloud: https://soundcloud.com/coletivohacer

Please reload